Quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024 - Email: [email protected]




PSOL vai ao STF pedir a prisão de Mourão após senador cobrar reação das Forças Armadas



PSOL solicita ao STF prisão preventiva do senador Hamilton Mourão após comentários sobre Forças Armadas

Na última quinta-feira (8), o grupo de deputados do PSOL solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF) a detenção preventiva do senado (Republicanos-RS). O pedido veio após o senador exigir uma resposta das  em relação às detenções de militares que aconteceram no mesmo dia, ordenadas pelo ministro Alexandre de Moraes.

A Polícia Federal (PF) voltou sua atenção para os militares no contexto da investigação que tem como foco o ex-presidente Jair  (PL) e seus apoiadores por um suposto envolvimento nos eventos do 8/1.

Um trecho da representação do PSOL obtida pela Folha de  afirma: “É evidente que o senador Hamilton Mourão —e seu golpismo, mais do que provado nesta petição– causa concreto risco à ordem pública, posto que seu ato visa insuflar a base bolsonarista, cada vez mais radicalizada”,

Durante seu discurso no Senado, Mourão afirmou que “nem Hitler ousou isso (a prisão dos militares) no começo de sua ascensão ao poder limpando a área naquilo que ficou conhecido como caso Fritsch, que foi a demissão do então chefe do Estado-Maior da Alemanha”.

“Acredito que temos que estar articulados. E aqui conclamo a todos que por meio de palestras, entrevistas, artigos, postagens nas redes sociais, possamos mobilizar a sociedade e que cobre de forma pacífica e dentro da lei esses arbítrios que o STF vem cometendo. Na verdade, lamentavelmente, a Suprema Corte se torna instrumento das oligarquias regionais que querem subjugar o país ao seu jogo de corrupção e no qual o Partido dos Trabalhadores, com todo o seu histrionismo, não passa de uma fachada para que os verdadeiros donos do poder façam o que querem e bem entendem”, disse o senador.

Mourão também declarou que o país está enfrentando “uma devassa persecutória” e solicitou uma resposta das Forças Armadas e da  Militar.

O legislador ressaltou também que a “precipitação dos últimos acontecimentos” pode levar a um “confronto de gravíssimas consequências”.

O PSOL comunicou mais cedo que também requererá a cassação do mandato do senador no Conselho de Ética do Senado Federal. As informações são da Gazeta do Povo.

 

- Advertisement -



Últimas Notícias



Veja outras notícias aqui ▼