Sábado, 15 de junho de 2024 - Email: [email protected]




Chás para dormir: 15 melhores opções para combater a insônia



- Advertisement -

Os chás para dormir melhor, como os chás de camomila, valeriana ou erva cidreira, são uma opção natural e simples para ajudar no tratamento da insônia, especialmente nos casos em que a dificuldade para dormir acontece por estresse excessivo ou consumo recorrente de substâncias estimulantes, como álcool, cafeína ou nicotina, por exemplo.

A maioria dos chás para dormir atuam no sistema nervoso central e, por isso, é importante que sejam consumidos 30 a 60 minutos antes de dormir para permitir que tenham tempo para relaxar o corpo e a mente. No entanto, é importante que junto com o consumo dos chás também seja feita uma rotina de sono saudável, para potenciar o efeito relaxante. Confira 8 passos para criar uma rotina saudável antes de dormir.

Os chás para dormir podem ser utilizados individualmente ou em mistura de 2 ou 3 plantas. Uma das misturas mais utilizadas é a de valeriana com passiflora, por exemplo. O ideal é aumentar 250 mL de água por cada planta adicionada ao chá.

15 chás para dormir

Algumas opções de chás para dormir melhor são:

1. Chá de passiflora

passiflora é a flor da planta do maracujá e que, segundo vários estudos, apresenta excelente ação relaxante do sistema nervoso, ajudando a tratar estresse e ansiedade, mas também podendo ser um ótimo aliado para o tratamento da insônia.

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) de folhas secas de passiflora ou 2 colheres de folhas frescas;
  • 250 mL de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar as folhas de passiflora numa xícara com água fervente e deixar repousar por 5 a 10 minutos. Depois, coar, deixar amornar e beber 30 a 60 minutos antes de dormir.

O chá de passiflora não deve ser ingerido na gravidez, nem por crianças com menos de 12 anos. Além disso, seu consumo pode interferir com o efeito de alguns medicamentos, como a aspirina ou a varfarina, sendo importante consultar um médico caso se esteja utilizando algum tipo de medicamento.

2. Chá de camomila

O chá de camomila é popularmente utilizado para acalmar, sendo indicado em situações de estresse, mas também de insônia. De acordo com alguns estudos científicos, esta planta parece, de fato, ser bastante eficaz para induzir o sono, já que demonstra ter propriedades sedativas. Embora não se conheça o mecanismo de ação exato, acredita-se que atue nos receptores benzodiazepínicos, que diminuem a ação do sistema nervoso.

Além disso, o vapor liberado pelo chá de camomila, quando inalado, também tem demonstrado ser capaz de reduzir os níveis de estresse.

Ingredientes

  • 1 punhado de flores frescas de camomila;
  • 250 mL de água fervente.

Modo de preparo

Passar as flores por água e secar usando uma folha de papel toalha. Depois colocar as flores na água fervente e deixar repousar entre 5 a 10 minutos. Por fim, coar, deixar amornar e beber.

Depois de colhidas, as flores de camomila podem ser guardadas na geladeira por até 2 dias, sendo apenas recomendado colocá-las no interior de um recipiente fechado.

A ingestão do chá de camomila deve ser evitada em grávidas e crianças, especialmente sem orientação de um médico.

3. Chá de valeriana

O chá de valeriana, feito com a planta medicinal Valeriana officinalis, é outra das opções mais estudadas para ajudar no tratamento da insônia e ajudar a dormir melhor. De acordo com várias investigações, a valeriana libera substâncias aumentam a quantidade de GABA, que é um neurotransmissor responsável por inibir o sistema nervoso, ajudando a relaxar.

De acordo com alguns estudos, quando usada no tratamento da insônia, a valeriana parece aumentar o tempo de sono, assim como diminuir o número de vezes que se acorda durante a noite.

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) de raiz de valeriana seca;
  • 250 mL de água fervente.

Modo de preparo

Colocar a raiz de valeriana na água fervente e deixar repousar entre 10 a 15 minutos. Depois, coar, deixar amornar e beber 30 minutos a 2 horas antes de dormir.

O chá de valeriana deve ser usado com cuidado em grávidas e pessoas com problemas no fígado.

4. Chá de erva-cidreira

À semelhança da camomila, a erva-cidreira (Melissa officinalis) é outra planta muito indicada tradicionalmente para tratar excesso de estresse e insônia. De acordo com algumas investigações feitas, a planta parece evitar a degradação de GABA no cérebro, o que potencializa o efeito deste neurotransmissor que tem como principal função relaxar o sistema nervoso.

Ingredientes

  • 1 colher de folhas secas de erva-cidreira;
  • 250 mL de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar as folhas numa xícara com água fervente e deixar repousar por 5 a 10 minutos. Depois coar, deixar amornar e beber 30 minutos antes de dormir.

O chá de cidreira deve ser evitado durante a gravidez e lactação.

5. Chá de erva-de-são-joão

erva-de-São-João (Hypericum perforatum), também conhecida como hipericão, é uma planta muito utilizada para tratar estados depressivos, mas que também pode ser usada para ansiedade e insônia.

Isso porque, a erva-de-são-joão, possui substâncias como a hipericina e a hiperforina, que atuam a nível do sistema nervoso central, acalmando a mente e relaxando o corpo.

Ingredientes

  • 1 colher (de chá) de erva-de-São-João seca;
  • 1 xícara (250 mL) de água fervente.

Modo de preparo

Colocar a erva-de-São-João para repousar na xícara de água fervente por 5 minutos. Por fim, coar, deixar amornar e beber antes de dormir.

O chá de erva-de-São-João não deve ser utilizado por grávidas, mulheres em amamentação ou que estejam utilizando anticoncepcionais orais, já que pode alterar a eficácia do comprimido. Crianças com menos de 12 anos também só devem consumir a erva-de-são-joão com orientação de um médico.

Esse chá não deve ser usado por pessoas que utilizam remédios antidepressivos como sertralina, paroxetina ou nefazodona, por exemplo.

6. Chá de alface

Embora possa parecer estranho, o chá de alface tem demonstrado um forte efeito sedativo e relaxante para bebês. Dessa forma, este chá é considerada uma opção segura para usar em crianças com mais de 6 meses. Além disso, este chá também pode ser usado na gravidez.

Ingredientes

  • 3 folhas de alface picadas;
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo

Ferver a água junto com as folhas de alface por 3 minutos. Depois, coar, deixar esfriar e beber durante a noite.

7. Chá de lavanda

lavanda é uma planta medicinal da espécie Lavandula angustifolia com propriedades sedativas, relaxantes, calmantes e ansiolíticas comprovadas, que ajudam a melhorar a ansiedade, inquietação e agitação, reduzir o estresse e combater a depressão, que podem causar insônia ou dificuldade para dormir.

Assim, a lavanda, que também é conhecida como alfazema, ajuda a melhorar a qualidade do sono, combater a insônia e melhorar o bem estar geral.

Ingredientes

  • 30 g de flores de lavanda picadas;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo

Colocar a água para ferver e depois acrescentar as flores da lavanda e apagar o fogo. Tampar a panela e deixar esfriar. Coar e beber.

O chá de lavanda não deve ser consumido por mulheres gestantes e crianças, assim como pessoas que tenham úlcera gástrica.

A lavanda também pode ser usada na forma de óleo essencial na aromaterapia, adicionando 3 a 4 gotas em um aromatizador elétrico ou colocando no travesseiro ou roupa de cama, para relaxar e melhorar o sono. Saiba como fazer aromaterapia com óleo essencial.

8. Chá de tília

O chá de tília, preparado com a planta medicinal Tilia cordata, possui propriedades calmantes, sedativas e relaxantes, pois facilita a ação do GABA, um neurotransmissor que diminui a ação do sistema nervoso central, o que ajuda a acalmar os nervos e a aliviar crises de ansiedade, sendo uma boa opção de chá para combater a insônia causada por ansiedade.

Ingredientes

  • 1,5 gramas de flores e folhas secas de tília;
  • 150 mL de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar as flores e folhas secas de tília na água fervente, tampar e deixar repousar entre 5 a 10 minutos. Depois coar, deixar amornar e beber 2 a 4 vezes por dia.

No caso de crianças entre os 4 e 12 anos é recomendado diminuir a quantidade de tília para 1 grama por cada 150 mL de água fervente.

O chá de tília não deve ser usado por crianças com menos de 4 anos, mulheres grávida ou a amamentar, ou por pessoas com problemas cardíacos.

9. Chá de Kava-kava

O chá de Kava-kava, feito com a planta medicinal Piper methysticum, tem na sua composição kavalactonas, substâncias naturais que regulam a ação do neurotransmissor GABA no cérebro, tendo uma ação semelhante aos benzodiazepínicos, que são um dos principais tipos de remédios usados no tratamento médico da ansiedade.

Desta forma, o chá de Kava-kava ajuda a reduzir a ansiedade e tensão, e a melhorar o relaxamento, ajudando a dormir melhor e combater a insônia.

Ingredientes

  • 2 colheres (de sopa) de raiz de kava-kava;
  • 300 mL de água.

Modo de preparo

Colocar a raiz de Kava-kava para ferver com a água por 10 a 15 minutos. Depois deixar amornar e coar. Beber 2 a 3 vezes por dia.

O chá de Kava-kava não deve ser usado por grávidas e lactantes já que não existem estudos sobre a sua segurança. Além disso, deve ser evitado por pessoas com doenças no fígado ou que estejam em tratamento com remédios antidepressivos.

10. Chá de mulungu

O chá de mulungu (Erythrina mulungu)possui flavonoides e alcaloides na sua composição com ação calmante, tranquilizante e analgésica, que ajudam a reduzir a agitação, o nervosismo e a ansiedade, sendo uma boa opção de remédio caseiro para combater a insônia.

Ingredientes

  • 4 a 6 g de casca de mulungu;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Colocar a casca de mulungu na água e deixar ferver por 15 minutos. Em seguida, coar, deixar amornar e tomar o chá ainda morno, 2 a 3 vezes ao dia. Evitar tomar por mais de três dias seguidos.

O chá de mulungu não deve ser usado por crianças com menos de 5 anos, grávidas, lactantes ou por pessoas que utilizam remédios anti-hipertensivos ou antidepressivos.

11. Chá de lúcia-lima

O chá de lúcia-lima, feito com a planta medicinal Aloysia citrodora, é um excelente sedativo, e por isso, é um chá ideal para que sofre de insônia.

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) de folhas secas de lúcia-lima;
  • 1 xícara de água

Modo de preparo

Ferver a água e adicioná-la na uma xícara com as folhas secas de lúcia-lima. Deixar em infusão por cerca de 10 minutos. Em seguida, coar e beber 1 xícara do chá 2 a 3 vezes ao dia. Veja outras maneiras de usar a lúcia-lima.

O chá de lúcia-lima não deve ser usado por mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas que tenham problemas nos rins.

12. Chá de cúrcuma

O chá de cúrcuma (Curcuma longa) é rico em curcuminoides que melhoram o sono por agirem nos receptores da histamina H1, além de ter ação ansiolítica por meio do seu efeito em alguns neurotransmissores. Veja outros benefícios da cúrcuma.

Ingredientes

  • 1 colher (de chá) de cúrcuma em pó;
  • 150 mL de água fervente

Modo de preparo

Adicionar a cúrcuma em pó na xícara com água fervente e deixar repousar por cerca de 10 a 15 minutos. Em seguida, esperar amornar e beber até 3 xícaras por dia desse chá, por até 7 dias.

O chá de cúrcuma não deve ser usado por pessoas que estejam tomando remédios anticoagulantes ou que tenham obstrução dos ductos biliares por pedra na vesícula.

Além disso, esse chá só deve ser usado com indicação médica em caso de gravidez suspeita ou confirmada ou durante a amamentação.

13. Chá de folhas de louro

As folhas de louro (Laurus nobilis) contêm substâncias como o linalol e o cineol, que liberam óleos essenciais que ajudam a relaxar o sistema nervoso central, reduzindo o estresse e a ansiedade e ajudando a melhorar o sono.

Ingredientes

  • 1 folha de louro seca;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Colocar a folha de louro na xícara com água fervente e deixar repousar por cerca de 10 minutos. Em seguida, retirar a folha de louro, esperar amornar e beber imediatamente. Esse chá pode ser bebido 3 ou 4 vezes ao dia.

O chá de folhas de louro não deve ser usado por crianças, mulheres em amamentação ou durante a gravidez, pois pode causar aborto espontâneo.

Além disso, esse chá deve ser usado com cautela por pessoas com diabetes, pois pode reduzir os níveis de açúcar no sangue e, se tomado em conjunto com antidiabéticos orais, pode causar hipoglicemia, sendo importante sempre consultar o endocrinologista responsável pelo tratamento.

14. Chá de arruda

O chá de arruda, feito com a planta medicinal Ruta graveolens, é um sedativo natural suave que ajuda a relaxar, é bom para ansiedade, estresse e até ajuda a dormir melhor. Saiba mais sobre outros benefícios da arruda.

Ingredientes

  • 1 colher de chá (2 a 3 gramas) de folhas secas de arruda;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo

Colocar a água em uma panela, deixar ferver, retirar do fogo e adicionar as folhas secas de arruda. Em seguida, tapar e deixar repousar por 5 minutos. Coar, esperar amornar e bebe 1 xícara desse chá por dia.

Por ser abortiva, o chá de arruda é contraindicado para mulheres grávidas. Além disso, esse chá não deve ser consumido por mulheres que estejam amamentando, pessoas com doenças nos rins ou crianças.

Pessoas que fazem uso de medicamentos para controle de pressão alta, digoxina ou dobutamina só devem utilizar a arruda com orientação de um médico, pois essa planta pode alterar o efeito desses medicamentos.

15. Chá de hortelã-pimenta

O chá de hortelã-pimenta (Mentha piperita) é rico em mentol com propriedades relaxantes e sedativas que ajudam a aliviar o estresse mental, a ansiedade e a melhorar a qualidade do sono, pois interage com receptores no cérebro envolvidos na diminuição da atividade do sistema nervoso.

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) de folhas de hortelã;
  • 150 mL de água.

Modo de preparo

Colocar a água para ferver e, em seguida, retirar do fogo e adicionar em uma xícara contendo as folhas de hortelã-pimenta. Tapar e deixar repousar por 5 a 10 minutos. Coar, esperar amornar e beber em seguida.



Últimas Notícias





Veja outras notícias aqui ▼
error: Conteúdo protegido